iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Por Michelle Brown , Mazoe Ford e Kevin Nguyen no www.abc.net.au e por Warner Todd Huston, no Breitbart.

A transexual Evie Amati foi sentenciada a nove anos de prisão por tentativa de assassinato depois de atacar aleatoriamente duas pessoas em uma loja de conveniência, na Austrália.

Amati usou um machado de dois quilos para acertar Ben Rimmer no rosto e Sharon Hacker na parte de trás da cabeça dentro da loja.

Em seguida, brandiu o machado duas vezes contra outro homem, fora da loja.

ALERTA: Os vídeos a seguir contêm cenas que podem chocar.

blob:https://www.stuff.co.nz/57f6c00b-e5e2-4b89-8bc7-ff331ed29ded

https://www.youtube.com/watch?v=jWLBHCzvstE

Mistura tóxica de medicamentos e drogas

Amati alegou não ser culpada por motivos de saúde mental e disse que não estava bem de espírito devido a uma mistura tóxica de medicação hormonal, cannabis, anfetaminas e álcool.

No dia do ataque, Amati se encontrou com Mickila Jansen no aplicativo de namoro Tinder e se encontrou com ela e seus colegas no final da noite, onde consumiram drogas ilegais e álcool.

Amati disse que ficou “incrivelmente ansiosa” e entrou em um episódio depressivo depois que percebeu que o grupo a identificara como transexual.

Ela disse que colocou sua perna contra Jansen para “testar o clima”, mas Jansen recuou “não como … um tipo natural de reajuste como se ela tivesse se queimado [mas] como se tivesse tocado em um leproso ou em alguém que estivesse infectado”.

Jansen mandou uma mensagem a Amati mais tarde, que expressou sentimentos de raiva e rejeição.

A conversa terminou às 01h31 e às 2h da manhã Amati se armou com um machado e uma faca de 18 centímetros antes de se dirigir ao 7-Eleven.

Amati disse que não tinha lembranças do ataque, mas lembrou sentimentos de raiva homicida e expressou remorso durante o julgamento.

A investigação policial revelou que Amati havia postado um aviso nas mídias sociais. “Um dia vou matar muitas pessoas”, e “A maioria das pessoas merece morrer, eu odeio as pessoas”.

Em sua sentença, o juiz considerou os problemas mentais subjacentes de Amati, incluindo uma história de pensamentos suicidas e disforia de gênero.

Ele disse que “o caos e a desordem em sua mente” foram um fator atenuante a favor de Amati, mas não minimizaram a gravidade do ataque ou o sofrimento das vítimas.

“Há mérito nessa posição, mas não é mérito suficiente para diminuir a conclusão de que este é um caso em que é necessário um período significativo de tempo integral de prisão”, disse o juiz.

Rimmer disse: “Se eu não tivesse virado a cabeça no último minuto, ela teria cortado a cabeça ao meio”.

O golpe do machado cortou a parte superior do nariz de Rimmer e cortou da bochecha até logo abaixo da órbita do olho esquerdo. Os médicos disseram que a lâmina cortou seu crânio e parou apenas a um milímetro de penetrar e atingir o seu cérebro.

Rimmer, que passará o resto de sua vida com placas de titânio no rosto para segurar seu crânio, insistiu que Amati é “calculista” e “sem remorso”. “Ela vai cumprir sua pena com facilidade e ficar em liberdade condicional em meados de 2021. Funcionou perfeitamente para ela, talvez melhor do que ela esperava ”, acrescentou.

Rimmer lançou uma petição pedindo por uma sentença mais longa, alegando que a prisão não é um fardo para seu agressor. Ele observou que Amati, organizadora de sindicatos antes da condenação, passa seu tempo na cadeia organizando prisioneiros para protestar contra o tratamento do governo e se tornar uma pequena celebridade nesse esforço.

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Psicanálise
Editorial

O Perigo do Narcisismo

Por Wesley J. Smith. Leia o artigo original no National Review. O transumanismo é um movimento social solipsista que, às vezes, beira o narcisismo. Os adeptos

Leia Mais »