iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

 

 

Se você gostou, veja essas outras obras de Patrick Hughes.

Ele explica:

Quando fiz meu primeiro  trabalho de perspectiva,  mas em reverso, no momento em que o coloquei na parede, minha inversão se inverteu.

As pessoas olhavam, e viam como salas que, na verdade,  são grandes cubos de madeira sobressaindo

Perspectiva foi um sistema inventado há cerca de 600 anos por Brunelleschi para representar o espaço em uma superfície plana. Uma caixa, por exemplo, representava numa superfície plana como se fosse estivesse em três dimensões. O próximo desenvolvimento, no século XVIII, é a perspectiva forçada, quando a caixa é feita em perspectiva, mas do jeito certo.

E então eu venho no século XX, no final do século XX, e faço a perspectiva reversa, a caixa é feita em perspectiva mas do jeito errado  e então, quando você olha para ela, ela fica do jeito certo e começa a se mover.

Paradoxymoron: Sabedoria tola em palavras e imagens

Patrick Hughes
Este é o estudo definitivo sobre o paradoxo e o oxímoro, os dois tópicos mais importantes da filosofia e da retórica. Quando a linguagem vai além da metáfora para novos alcances do oxímoro, onde os opostos se encontram, ou no próprio paradoxo – onde está a verdade – os resultados são ridiculamente reveladores. A premissa de Hughes é que a lógica levada à sua conclusão lógica se torna absurda e sublime.

Paradoxymoron é um texto abrangente e pouco ortodoxo de palavras e imagens de muitos períodos e lugares; este livro é mais um tributo caloroso que uma repreensão fria à contradição em termos. Uma leitura obrigatória para qualquer pessoa interessada em olhar as coisas ao contrário, de cabeça para baixo e de dentro para fora. Um olhar único para os mundos bobos criados em frases e imagens.

 

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Opinião

Seja seu Próprio Herói.

Por Andrew Klavan. Leia o artigo completo no Daily Wire. [George] Lucas, você sabe, incorporou outras influências. O grande cineasta japonês Akira Kurosawa fazia parte de

Leia Mais »