iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não se identificou o autor do texto. Muitos o atribuem ao político Trey Gowdy por ter sido postado na sua página comunitária. 

“Ninguém tem o “direito” de servir nas Forças Armadas. Ninguém.
O que faz as pessoas pensarem que o Exército é um empregador de oportunidades iguais? Muito longe disso.
Os militares usam o preconceito, regular e consistentemente, para impedir que os cidadãos se alistem por serem muito velhos ou muito jovens, muito gordos ou muito magros, muito altos ou muito baixos.
Os cidadãos são rejeitados por terem pés chatos, ou por dedos ausentes ou adicionais. A falta de visão irá desqualificá-lo, assim como dentes ruins. Desnutrido? Dependência de drogas? Dor nas costas? Histórico criminal? Baixo QI? Ansiedade? Fobias? Dano auditivo? Seis braços? Ouve vozes na sua cabeça? Auto-identificação como um unicórnio?
Precisa de uma rampa de acesso especial para sua cadeira de rodas? Não consegue executar o percurso obrigatório no tempo necessário?  Não consegue fazer o número necessário de flexões?
Não é realmente uma “pessoa madrugadora” e se recusa a sair da cama antes do meio-dia?
Todos esses pontos podem ser motivos de rejeição.
As Forças Armadas têm um trabalho. Guerra. Qualquer outra coisa é uma distração e uma desvantagem.
Alguém acabou de gritar “Isso não é justo”? A guerra é MUITO injusta, não há exceções por se ser especial ou deficiente ou socialmente maravilhosa.
Você muda a si mesmo para atender aos padrões das forças armadas. Não o contrário.
Eu digo novamente: você não muda as forças armadas … você deve mudar a si mesmo.
Os militares não precisam acomodar ninguém com problemas especiais. Os militares precisam ganhar guerras.
Se qualquer um dos seus assuntos pessoais é um empecilho que diminua a prontidão ou letalidade … Obrigado por se inscrever e boa sorte em futuros empreendimentos. Quem é o próximo da fila?

Transgender Military Bradley Manning Chelsea Manning
À esquerda, Bradley Manning, que divulgou documentos que põem em risco soldados. À direita Manning, agora Chelsea, depois de ter sido perdoado, por Obama, por traição.

 

 

Fonte: https://www.truthorfiction.com/trey-gowdy-transgender-military-ban/

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Opinião

Seja seu Próprio Herói.

Por Andrew Klavan. Leia o artigo completo no Daily Wire. [George] Lucas, você sabe, incorporou outras influências. O grande cineasta japonês Akira Kurosawa fazia parte de

Leia Mais »