iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

 

 

 

 

– Acho que não tenho toda a sua atenção

– É a vez de Asok ouvir. Se você tiver algo útil, ele nos envia uma mensagem.

– Ele está dormindo.

– Ele está usando o método herístico.

 

Do dicionário:

heurística | s. f. 

Método de aprendizagem envolve descoberta e resolução de problemas, usando o raciocínio e a experiência passada.

Leia o artigo completo, em inglês, aqui.

Utilizamos a heurística da disponibilidade para estimar a frequência de eventos específicos. Por exemplo, quantas vezes as pessoas são mortas por assassinos em massa? Como eventos de freqüência mais alta são mais prováveis ​​de ocorrer em qualquer momento, também usamos a heurística da disponibilidade para estimar a probabilidade com que os eventos ocorrerão. Por exemplo, qual é a probabilidade de eu ser morto por um assassino em massa amanhã?
Ficamos especialmente dependentes da heurística da disponibilidade quando não temos provas sólidas nas quais basear nossas estimativas. Por exemplo, qual é a probabilidade de que o próximo avião em que você voa vai bater? A verdadeira probabilidade de um avião em particular cair depende de um grande número de fatores, a maioria dos quais você não está ciente e / ou não tem dados confiáveis a respeito. Que tipo de avião é? Qual a hora do dia? Como está o clima? Qual é a história de segurança deste avião em particular? Quando foi a última vez que se examinaram os problemas d o avião? Quem fez o exame e quão completo foi? Quem está pilotando o avião? Quanto eles dormiram na noite anterior? Quantos anos eles tem? Eles estão tomando alguma medicação? Você entende a idéia.
As chances são excelentes de que você não tenha acesso a todos ou mesmo a maioria das informações necessárias para fazer estimativas precisas para praticamente tudo. Na verdade, você provavelmente tem poucos ou nenhum dado a partir do qual basear sua estimativa. Bem, isso não é exatamente verdade. Na verdade, há uma evidencia a que você sempre tem acesso: sua memória. Especificamente, com que facilidade você pode se lembrar de incidentes anteriores ao evento em questão? Quanto mais facilmente recordamos incidentes anteriores, maior  a possibilidade de o evento ocorrer – pelo menos, no que diz respeito a nossas mentes. Em resumo, esta é a heurística da disponibilidade.
[…]
Embora existam muitos problemas associados à heurística da disponibilidade, talvez o mais preocupante é que muitas vezes leva as pessoas a perder de vista os perigos reais da vida. O psicólogo Gerd Gigerenzer, por exemplo, realizou um fascinante estudo que mostrou nos meses seguintes ao 11 de setembro de 2001,que  os americanos estavam menos propensos a viajar de avião e mais propensos a viajar de carro. Embora seja compreensível por que os americanos teriam ficado temerosos de viagens aéreas após os ataques de perfil incrivelmente alto em Nova York e Washington, o resultado infeliz é que os americanos morreram nas estradas em taxas alarmantes após 11/09. Isso ocorre porque viagens rodoviárias são muito mais perigosas do que viagens aéreas. Mais de 40.000 americanos são mortos todos os anos nas estradas da América. Menos de 1.000 pessoas morrem em acidentes de avião, e menos pessoas morrem a bordo de companhias aéreas comerciais.
[…]

Bruce Schneier é um tecnólogo de segurança de renome internacional, chamado de “guru da segurança” pelo The Economist. Ele é o autor de 13 livros – incluindo Data e Goliath: as batalhas ocultas para coletar seus dados e controlar seu mundo -, bem como centenas de artigos, ensaios e artigos acadêmicos. Sua influente newsletter “Crypto-Gram” e seu blog “Schneier sobre Segurança” são lidos por mais de 250.000 pessoas. Ele testemunhou perante o Congresso, é um convidado freqüente na televisão e rádio, serviu em vários comitês do governo, e é regularmente citado na imprensa.

 

Fonte:

https://www.jeremysaid.com/blog/heuristics-for-conversion-optimization/

 

Você pode ler outro artigo, do mesmo autor e sobre o mesmo assunto, aqui.: Heurística: análise e avaliação.

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Educação

A INQUISIÇÃO SECULAR

Por Melanie Phillips. Leia o artigo original em Melaniephilips. Alguns dias atrás, o filósofo John Gray escreveu no site Unherd uma análise sombria, mas precisamente direcionada , de por que as ciências

Leia Mais »