Cartum com reação à eleição de Donald Trump

 

As coisas em que acreditamos influencia nosso pensamento. Por sua vez, o que pensamos afeta nossa conversação, conduta e caráter.

A universidade de forma geral, e a área de ciências humanas em particular, reflete o pensamento da Escola de Frankfurt. Abaixo o texto de um psicólogo que segue essa linha, ateu e comunista.

 

Escrito por Psicólogo Tiago Cabral agosto 06, 2018
UM PERFIL PSICÓLOGICO DE JAIR BOLSONARO

[…]

Outra característica observada pelos psicanalistas é um culto ao “homem comum” por essa autoridade que assume características como um senso de “honestidade” ao dizer o que quer, e um discurso extremamente simplista (senso comum) que cria uma falsa sensação de representatividade.

Estas características foram descritas pelos psicanalistas principalmente tendo como exemplo sociedades fascistas, ou seja baseadas na autoridade e no conservadorismo que são conhecidas por reprimir violentamente seu povo e limitar seus direitos.

Portanto temos em Bolsonaro: uma figura paterna (que diz o que você tem que fazer, sentir, desejar), que faz as pessoas se sentirem parte de um grupo ao eleger um inimigo comum (esquerda/PT) e apresenta soluções simples para problemas complexos, mesmo que sejam falsas e faz com que o “homem comum” se sinta representado.

BIBLIOGRAFIA:

  • ADORNO, Theodor. “A Teoria Freudiana e o Padrão da Propaganda Fascista” [1] [2] [3]
  • Christian Dunker

 

 

 

Quem é Adorno.

Theodor Adorno foi um dos principais filósofos continentais do século XX. Embora tenha escrito sobre uma ampla gama de assuntos, sua preocupação fundamental era o sofrimento humano – especialmente os efeitos das sociedades modernas sobre a condição humana. Ele foi influenciado principalmente por Hegel, Marx e Nietzsche. Ele foi associado ao Instituto de Pesquisa Social, na Escola de Frankfurt, que era um centro intelectual e cultural de ciência para promover o socialismo e derrubar o capitalismo.

[…] Algumas escolas do ateísmo, especialmente a que se refere ao nome do Escola de Frankfurt (um grupo neo-marxista de filósofos e reformadores sociais cujos representantes mais famosos eram Max Horkheimer e Theodor Adorno).

Fonte:

https://www.firstthings.com/web-exclusives/2008/03/atheism-and-atonement

https://www.iep.utm.edu/adorno/

Christian Dunker, psicanalista, e também professor de psicologia e escritor de livros sobre o assunto, foi outro a escreveu artigo depreciando Jair Bolsonaro.  Dize-me com quem andas e te direi quem és é o que vem à mente quando você lê a credencial que sua editora escolheu com abalizadora da qualidade de ambos:

Christian Ingo Lenz Dunker é psicanalista, […] Desde 2008 coordena, junto com Vladimir Safatle e Nelson da Silva Junior, o projeto de pesquisa Patologias do Social: crítica da razão diagnóstica em psicanálise. Colabora com o Blog da Boitempo mensalmente, às quartas.

Dos tempos áureos de Reinaldo Azevedo, temos uma boa observação de quem é Safatle:

A coluna abjeta e mentirosa de um professor da USP, colunista da Folha e partidário de Haddad

Vladimir Safatle é professor de filosofia da USP. Isso não quer dizer coisa grande. Há mais coisas que o ignorado, o que não é fácil, que também é. E escrevo isso em respeito a grandes mestres que existem, alguns meus queridos amigos. Esse rapaz tem alguns notáveis ​​contribuições ao pensamento. É aquele cara que, quando articulam o estadão, escreveu um texto  justificando o terrorismo, nas pegadas de um delinqüente internacional chamado Slavoj Zizek. Num text arrevesado, Safatle sustentou that \ “Zizek quer mostram como os fatos decisivos da história da política mundial desde a Revolução” foram animados pelo advento de uma noção de subjetividade que não poderia ser mais definida através da substancialização de atributos do ‘humano’ e do interesses Não basta ser útil através da lógica utilitária da maximização do prazer e do afastamento do desprazer. ”É quase incompreensível, mas eu traduzo. A Safatle está endossando um segundo de Zizek segundo um repúdio que temos ao terrorismo decorre da nossa pequena lógica utilitária de maximização do prazer e do afastamento do desprazer. Os terroristas pensam de modo diferente, entenderam? É asqueroso!

 

Receba Por E-mail

Inscreva-se em nossa lista de e-mails para receber atualizações e as notícias mais recentes do Conselho!

Inscrito Com Sucesso, Parabéns!