(41) 99821-2381 Whatsapp [email protected]
Resultado de imagem para how to deal with pain

– Não gosto de enfrentar os problemas. – Acho que a melhor maneira de resolver os problemas é evitá-los. – Esta é uma filosofia distinta minha. – Nenhum problema é tão grande ou tão complicado que eu não possa fugir dele.

No mundo, hoje, há muito estresse, divisões profundas, ameaça nuclear, intimidação terrorista, agitação política, confusão de gênero, múltiplas crises, tragédias sem fim, tiroteios em massa e revelações contínuas de assédio sexual e comportamento antiético.

Os mais velhos abanam a cabeça em desânimo, os mais jovens são mais combativos. Às vezes, os meios de comunicação servem como o vento que alimenta as chamas de todas as gerações. Dores em cima de dores vão se acumulando, ou escorrem lentamente ou irrompem repentinamente.

A dor se revela através do choro, choque e raiva.

Podemos dividir em quatro as atitudes que podemos tomar contra a dor:

1. Faça a si mesmo a pergunta difícil: o que está acontecendo comigo agora?
Em vez de olhar para os outros e para a dor, olhe para dentro e pergunte a si mesmo o que está acontecendo dentro de você. Identifique sua própria dor pessoal:

Estou com medo?
Estou com raiva?
Estou desapontado?
Estou preocupado?
Estou com medo?
Seja honesto com você mesmo. Descubra o que está acontecendo dentro de você. Este é o primeiro passo para entender e resolver seus sentimentos.

2. Confesse que você quer que Jesus Cristo seja o número 1 em sua vida.
Começar com Jesus é começar com a verdade. Estou falando sobre a verdade da Palavra de Deus, a Bíblia. Reconheça que, quando a Bíblia fala, Jesus fala. Ele está falando essas palavras reais para todos nós.

Jesus é compassivo: “Nunca te deixarei nem te desampararei.” Hebreus 13: 5
Jesus está chamando: “Vinde a mim”. Mateus 11:28
Jesus está consolando: “… todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” Mateus 11:28
Jesus está ordenando: “Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações.” Mateus 28:19

3. Permita que Jesus Cristo ministre a sua dor pessoal.
Quando você permite que Jesus Cristo ministre a sua dor pessoal, veja o que ocorre:

A paz substitui o medo.
A liberdade substitui a escravidão.
A calma substitui o estresse.
A esperança substitui o desespero.
A alegria substitui a tristeza.
Eu sou grato que Jesus ministra a nossa dor pessoal como ninguém mais.

4. Deposite a confiança em uma pessoa de confiança.
Todos precisam de uma pessoa de confiança para compartilhar seus sentimentos; pode ser:

Seu cônjuge
Sua professora
Seu treinador
Seu ministro
Seu amigo
Sua mãe ou pai ou ambos os seus pais
É a pessoa que aceita você por quem você é, sem julgar você ou o que você diz.

Uma consideração final

Quando lidamos com a nossa dor da maneira correta, Deus nos liberta da nossa própria negatividade e destruição. É por isso que precisamos do Senhor.

Jesus ainda é a resposta para nossas vidas hoje.

Receba Por E-mail

Inscreva-se em nossa lista de e-mails para receber atualizações e as notícias mais recentes do Conselho!

Inscrito Com Sucesso, Parabéns!