iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Mattel diz que Monster High é para pré-adolescentes e adolescentes. O que seria verdade, se adolescentes brincassem com bonecas e fizessem compras no corredor de brinquedos e tivessem um metro de altura.

 

Por Melissa Atkins Wardy.
Leia o artigo completo aqui.
 
Por que quase todas as bonecas de plástico que vemos nos corredores de brinquedos se parecem com o que seria um estereótipo de uma trabalhadora sexual? Ainda não entendi como as empresas estão fazendo esses brinquedos se passarem por brinquedos para crianças. Mas os pais estão aceitando e comprando, e o ciclo continua.
 
Mas para os pais que não estão comprando e que estão se esforçando arduamente para impedir que suas crianças sejam sexualizadas, de que jeito alguém explica Monster High a uma filha de cinco anos? A coisa com o Monster High et al é que elas são tão altamente inapropriados que é meio inadequado discutir com uma criança o motivo por que elas são inadequadas. Como não podemos realmente usar palavras como “prostituta vadia” com o jardim de infância e tal …
Esta foi a minha resposta quando a situação chegou para Amelia e eu:
O que eu disse à minha pequena de 5 anos foi que as bonecas Monster High estavam vestidas de uma maneira que eu achava imprópria para crianças, que seus rostos tinham cara de mau, em vez de serem agradáveis ​​e que seus corpos enviavam mensagens que não são saudáveis para os nossos corações. Nós falamos sobre diferentes cores de cabelo e pele, que são realmente legais, mas essas bonecas faziam as menininhas se concentrarem demais em serem bonitas para outras pessoas e ser muito adultas, e não é isso que as crianças precisam fazer.
Alguns meses depois, quando ela pediu mais informações, eu disse a ela que as bonecas Monster High têm o tipo de corpos que pode deixar as meninas doentes, porque uma pessoa real nunca poderia ter um corpo assim, e que eu amava tanto o corpo saudável da minha menininha que eu nunca iria querer que ela tivesse algo que faria com que ela pensasse que seu corpo não fosse fantástico.
E quando ela insistiu sobre as roupas, eu disse a ela que as meninas que se vestem assim muitas vezes não têm corações cheios e felizes, e que elas usam roupas como essas para chamar a atenção e se sentirem plenas. Então, dei um passo adiante, e escolhi roupas que eu sabia que eram muito pequenas e apertadas para ela. Ela vestiu, e eu disse a ela para ir brincar. Amelia disse que não podia se mexer por causa das roupas. Daí perguntei se ela não achava que Monster High era bobo, porque como aquelas meninas podiam se mover e ser adolescentes que fazem coisas divertidas e praticam esportes? Ela disse que pensava que talvez elas apenas ficassem por ai,  parecendo lindas.
Eu disse a ela que ela estava absolutamente certa. E então conversamos sobre outros brinquedos que ela tinha, como eles se pareciam diferentes, e quais tipos de coisas que essas bonecas poderiam fazer em vez disso. Espero cultivar a ideia de corações plenos e felizes enquanto Amelia cresce, para ajudá-la a tomar decisões boas e saudáveis ​​sobre todos os tipos de coisas: alimentação e exercício saudáveis, drogas e álcool, sexo e relacionamentos, bom comportamento na escola , etc. Se esses forem nossos valores centrais, acho que as coisas que divergirem disso, seja Monster High ou letras de música ou amigos que forem uma influência ruim, meus filhos vão ver como realmente são e estarão muito mais equipados para fazer boas escolhas para si.
Quero ensinar-lhes a usar sua intuição e seu bom senso quando se trata de decisões difíceis. É o que eu faço quando eu digo a mim mesma que não há jeito de bonecas como Monster High ou Bratz ou  Barbies rameiras acabarem em minha casa. Respeito demais meus filhos para alimentá-los com uma dieta de lixo dessas.
Comentários de alguns leitores:
 Lillyan diz:
Você não entende o que é MH.
 
Tenho uma filha de 11 anos e ela adora Monster High. Ela tem umas 23. Até a minha sobrinha de 3 anos de idade adora! 
 
Monster High é sobre ser você mesmo. Elas são únicos e brilhantes à sua maneira. Elas se destinam a personalidades femininas. Uma boneca, que é um zumbi, é um gênio e é a melhor amiga de uma múmia, apesar de os zumbis não serem aceitos.
 
Até os lugares são baseados em coisas reais. Em um  “webisode”, elas estão em uma festa de pijama. Em outro, elas estão em um baile e outro mostra-as em uma festa! Em outro, elas estão tentando ordenar o equilíbrio entre monstros e humanos.
 
Eu tenho uma pergunta: o que há de errado com isso?
 
Joshua diz:
Essa é certamente a mensagem que os departamentos de Marketing e Marketing da Mattel estão vomitando. Lillyan e Olivia – vocês fazem parte do problema. Como adultas, vocês devem ter as habilidades de pensamento crítico apropriadas para não só serem capazes de discernir o certo e o errado, mas também a diferença entre a verdade e o marketing. Essas bonecas são 100% excessivamente sexualizadas e, de nenhuma maneira, devem ser comercializadas para meninas de 4-7 anos. Por favor, acordem e comece a tomar melhores decisões para seus filhos.
 
Ella diz:
Eu entendo e respeito o que você quer dizer com elas expressarem-se e parecerem excêntricas e com características que não são de meninas, como ser meio zumbis e que elas não são adolescentes humanas reais. então, por que suas saias estão tão desnecessariamente acima das coxas? Por que elas se parecem tanto com um estereótipo que é perturbador de se olhar e faz a  maioria das mães e pessoas se sentirem desconfortáveis? As pessoas não devem se sentir desconfortáveis ​​com o brinquedo de uma criança.
Como usar esse conceito sem o tornar sexual?
Katerina diz:
Eles usam os desenhos excessivamente sexuais nas bonecas porque sabem que é atraente para quem ainda não entende. Para essas crianças, parece legal e moderno não ter quase nenhum nariz e olhos super maquiados, quando, na verdade, as mulheres adultas que realmente se parecem tanto quanto possível com isso, não recebem nada além de desprezo de todos, exceto das pessoas que “gostam delas” pelas razões erradas.Dito isto, Monster High não é tão ruim quanto Bratz (embora seja a mesma empresa, acho). Até o nome é negativo lol. Além disso, é mais o design da boneca atual, e não as roupas, que me incomoda. Mas elas também são ruins. Uma tanga em uma barbie? Sério? Uau.

Laadaada diz:
Você realmente acha que as festas, amigas e danças é tudo a que se resume uma menina? E você já parou de pensar que, como pais, você deveria estar ensinando seus filhos sobre “personalidades diferentes” … e não um show de t.v ?? Você está sendo enganada por essas empresas com a ilusão de que sua filha está “aprendendo” lições valiosas  … mas, na verdade … eles estão vendendo SEXO às suas meninas. Com essas imagens em suas mentes à medida que crescem, elas passarão a vida tentando consertar os seus “eus” para se adequar a uma imagem “perfeita” falsa. Elas nunca amarão seus corpos. Cabelo. Olhos. Pior ainda, elas vão acreditar em empresas que vendem produtos de beleza. Suas filhas se parecerão com prostitutas aos 15 anos de idade. Porque suas mamães disseram a elas para serem “elas mesmas”. Bom trabalho. Elas não sabem quem são  nessa idade mesmo. E se você jogar na cara delas essas bonecas (você é muito preguiçosa para se relacionar com elas) elas pensam que a boneca é quem elas são. Eles fabricam bonecas, para fabricar e criar um tipo único de mulher. Um que é facilmente controlado. Um que nunca encontrou seu verdadeiro eu.

 

 

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Opinião

Seja seu Próprio Herói.

Por Andrew Klavan. Leia o artigo completo no Daily Wire. [George] Lucas, você sabe, incorporou outras influências. O grande cineasta japonês Akira Kurosawa fazia parte de

Leia Mais »