Uma Psicóloga na Lava Jato?

A psicóloga Tatiana Arana de Souza, filha de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, e seu marido se recusaram a fornecer a senha de seus celulares. Disse a Polícia Federal sobre a busca e apreensão na casa da filha do ex-diretor da Dersa (Departamento Rodoviário S.A., de São Paulo: “Inicialmente, a sra. Tatiana e […]

Cura gay

Se você é nosso leitor, já deve estar habituado em ler notícias que revelam as consequências das doenças que estão sendo cultivadas pelo mundo. Nos referimos às pessoas que, por não saberem lidar com problemas como a crise de identidade, acabam enfrentando sérias consequências em suas vidas, muito disso é graças ao diagnosticismo de ‘especialistas’ […]

Quando o Lucro não é Suficiente

Artigo de Yonason Goldson, originalmente publicado no jornal Jewish World Review. O autor mostra o lado involuntariamente cômico de se ser criminoso, e indica algumas respostas a perguntas que todos, inevitavelmente, nos fazemos. Sua linha de raciocínio lembra o conto de Machado de Assis, A Igreja do Diabo, que você pode ler aqui. (Caso não tenha […]

A relacao entre racismo e intolerancia religiosa

O Brasil é injustamente acusado de ser racista e intolerante, especialmente com os negros, descendentes e adeptos da cultura africana. (*) Alexandre Vidal, p/ IESS Surpreende a muitos que um povo tão miscigenado quanto o nosso seja assim tão pacato, mas para os observadores atentos da história brasileira isto não é tão surpreendente. Fomos um […]

País que protege terroristas, ataca portadores de Síndrome de Down

“Nós vamos encontrar, é um esforço muito mais importante do que o de enviar um homem à lua. “ Professor Jerome Lejeune, sobre uma cura para a trissomia 21 A França proibiu a veiculação do premiado vídeo promocional “Dear Future Mom”, que consiste numa mensagem positiva, dirigida por crianças com Síndrome de Down a grávidas. Veja o […]

Reinaldo Azevedo sobre a internação compulsória

A internação involuntária e o jornalismo no manicômio ideológico. Ou: Mais jornalismo e “menas” militância, por favor! O lobby moral — acabo de inventar essa designação — dos que se consideram só consumidores recreativos de drogas (eu também sou consumidor recreativo de Hollywood) é, acredito, o mais forte do país, especialmente na imprensa. É impressionante […]